O desenvolvimento do pensamento algébrico de estudantes em início de escolarização

  • Kátia Gabriela Moreira Universidade São Francisco
  • Adair Mendes Nacarato
Palabras clave: desenvolvimento do Pensamento Algébrico, anos iniciais, pesquisa da própria prática

Resumen

O presente artigo centra-se no movimento de produção de significados relacionados ao Pensamento Algébrico. A investigação foi realizada ao longo do ano letivo de 2017 em uma sala de aula de um primeiro ano do Ensino Fundamental — que atende crianças de 6 anos de idade — composta por 26 alunos de uma escola municipal no interior do estado de São Paulo, Brasil. Para a documentação da pesquisa, as aulas da professora-pesquisadora foram videogravadas e serviram de apoio para a escrita de narrativas pedagógicas. Nestas, realiza-se a análise microgenética orientada para os indícios que permitem a interpretação dos episódios observados, possibilitando a aproximação com os processos de desenvolvimento do Pensamento Algébrico dos alunos. A análise aponta indícios de que os estudantes do primeiro ano do Ensino Fundamental, engajados numa cultura social de sala de aula de Matemática, pautada na problematização, na qual são protagonistas do próprio processo de aprendizagem, são capazes de generalizar o padrão da sequência por meio da linguagem materna.

Descargas

La descarga de datos todavía no está disponible.
Resumen
66
PDF
59

Biografía del autor/a

Kátia Gabriela Moreira, Universidade São Francisco

Universidade São Francisco (USF).

Publicado
2021-02-19
Cómo citar
Moreira, K., & Mendes Nacarato, A. (2021). O desenvolvimento do pensamento algébrico de estudantes em início de escolarização. Realidad Y Reflexión, 53(53), 182-207. https://doi.org/10.5377/ryr.v53i53.10895